Humberto Mauro e Walt Disney: Duas visões sobre a Saúde Rural

Alice Ferry de Moraes

Resumo


Este artigo aborda a produção audiovisual sobre educação rural realizada na década de 40 e na década de 50 por dois profissionais do cinema. O primeiro foi Walt Disney, norte americano, internacionalmente famoso por seus desenhos animados de entretenimento, mas que também dedicou-se à realização da série On the front lines e Health for the Americas, produzidas e financiadas pelo United States Information Service (USIS) e pelo Office of the Coordinator of Inter-American Affairs, criado por Nelson Rockfeller, integrando a política de boa vizinhança com os países latinos durante a Segunda Guerra Mundial.  O segundo foi Humberto Mauro, cineasta brasileiro, com produção de filmes de ficção, que também destacou-se como produtor de filmes educativos, melhor dizendo, documentários para o Instituto Nacional de Cinema Nacional (INCE), criado no governo Vargas, no final da década de 30. Seus documentários sobre saúde rural foram produzidos, na década de 50, pelo INCE, em parceria com o Serviço Especial de Saúde Pública (SESP), ligado ao governo norte americano. A produção e o financiamento desses documentários estiveram sob a responsabilidade do Institute of Inter-American Affairs (IAIA) e United States Agency for International Development (USAID), que financiava a Campanha Nacional de Educação Rural (CNER). Serão abordadas duas técnicas de filmagem, duas visões sobre a saúde rural e financiamentos iguais.

 

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.